Por Érika dos Anjos |

No dia 23 de março (segunda-feira), o Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro (CRA-RJ)  enviou um ofício às presidências do Banco Central do Brasil (Bacen) e da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) solicitando que as entidades orientem as instituições bancárias a prorrogar por 90 dias o tempo para bloquear contas condominiais. Isso porque, normalmente, os bancos promovem este bloqueio em razão do término da vigência dos mandatos de síndicos que não regularizaram a nova gestão, em grande parte no mês de março. Porém, este ano, em virtude da necessidade de isolamento imposta pela pandemia, muitas assembleias não puderam ser realizadas.

De acordo com o documento assinado pelo presidente do CRA-RJ, Adm. Wallace Vieira, em razão da evolução da pandemia do Coronavírus (Covid-19), não podem acontecer reuniões com aglomerações de pessoas, o que, na prática também resultou na suspensão de assembleias gerais ordinárias de diversos condomínios, como medida de evitar o contágio do Coronavírus.

Com isso, como  o mês de março é o mais comum para o término de mandato dos síndicos e a posterior eleição ou manutenção do representante condominial, a não realização da Asssembleia causará impactos inestimáveis, a medida que as instituições bancárias promoverem o bloqueio das contas condominiais, em razão do término da vigência dos mandatos que não puderem ser  regularizados.

“Neste momento de crise, o Profissional da Administração precisa estar preocupado com todos as vertentes da gestão a fim de mitigar os efeitos do isolamento e da quarentena. Assim, o CRA-RJ solicitou às instituições responsáveis que não bloqueiem as contas dos condomínios pelo prazo de 90 (noventa) dias, como medida de evitar a interrupção da movimentação dos ativos financeiros para pagamentos de obrigações”, afirmou o Adm. Wallace Vieira, lembrando ainda que desta forma é possível colaborar de proativamente na atenuação dos problemas que os condomínios estão enfrentando.

Até o fechamento desta matéria, a Febraban e o Bacen ainda não haviam se pronunciado. Fique de olho nas mídias do CRA-RJ para saber novas informações sobre mais esta ação do seu Conselho em prol da sociedade.