Por Josué Amador

O Adm. Wagner Salles, especialista em Gestão Sustentável, trouxe à tona a discussão sobre o papel do RH dentro das empresas reconhecidamente sustentáveis mas que ainda mantêm as velhas práticas de apenas gerar dinheiro, sem muita consciência na aplicabilidade do discurso, em uma apresentação realizada na sede do CRA-RJ, na Tijuca.

Salles não defendeu, nem atacou o setor, mas expôs diversos pontos para que os espectadores chegassem a uma consideração final ou ao menos passassem a refletir melhor sobre o assunto em questão. Ele contextualizou o tema, de acordo com a passagem do tempo e com o atual sistema empresarial, apresentando o contraponto sobre como isso tem afetado as relações entre pessoas e trabalho.

“O RH entra nessa história trabalhando a lógica de bem comum, de uma visão compartilhada, no que a gente chama de engajamento. Eu passo a engajar as pessoas no trabalho com propósito maior do que aquele simplesmente de ganhar dinheiro, fazer a empresa ganhar dinheiro e eu ganhar meu salário. Afinal de contas, essa era uma visão de responsabilidade social lá de trás, no final do século XIX, indo para o século XX. […]. Agora, a gente precisa de um propósito a mais. Não basta só eu ter emprego e gerar economia com meu salário. Eu preciso fazer alguma coisa para a sociedade através do meu trabalho. E nisso, a gente começa a ver um engajamento no trabalho vinculado a essa lógica de bem comum de filantropia”, disse.

Para Salles, o setor de RH precisa se posicionar como agente transformador de realidades organizacionais, pois é um setor de grande relevância nas empresas. Mas, infelizmente, a omissão estratégica tem sido algo comum neste segmento.

“Eu entendo que o RH está deixando de ser uma área estratégica, de decisão, de geração de mudança, de inovação de alternativa de trabalho e está virando uma área de comoditização. A gente transforma o RH no que a gente quiser, para os fins que a gente quiser, justificados pelos meios que a gente vai usar”, protestou o Administrador.

A palestra completa já está disponível na CRA-RJ Play e na Rádio ADM RJ. Acesse e confira!